10 melhores filmes brasileiros dos anos 70

O que é 0

Ainda existe certo preconceito com o cinema brasileiro. Infelizmente, este preconceito vem do nosso próprio povo. Muitos bons cineastas como José Mojica Marins ou Glauber Rocha, por exemplo, receberam antes reconhecimento fora do Brasil para, depois, serem amados em seu país de origem. Atualmente, a nova geração já esta mais acostumada a ver filmes brasileiros em cartaz nos cinemas juntamente com filmes estrangeiros. Temos ótimos exemplos de filmes que fizeram boa bilheteria e agradaram grande parte do público como “Cidade de Deus” e “Meu nome não é Johnny”.

Durante os anos 90, principalmente, o cinema brasileiro estava em baixa e uma geração inteira cresceu olhando torto para os nossos filmes. Pode-se dizer que por volta dos anos 60 e 70, entretanto, muita coisa boa foi produzida. Era um período de efervescência cultural no mundo inteiro e, no Brasil, não foi diferente. Nos anos 60, vimos o auge do Cinema Novo Brasileiro e do Cinema Marginal. Já nos anos 70, vestígios de um Cinema Marginal e muita pornochanchada. As pornochanchadas, apesar do nome, não tinham nada de pornográfico. Eram apenas comédias com leves toques de malícia e muita bobeira. Pensando nesta época fiz uma seleção de filmes que todos deveriam ver uma vez na vida. Abaixo listei os 10 melhores filmes brasileiros dos anos 70. Dê uma olhada:

1. Dona Flor e seus dois maridos (1976) de Bruno Barreto

Filme baseado no romance de Jorge Amado rodou o mundo e fez um enorme sucesso. Levou mais de 10 milhões de pessoas ao cinema e conta a história de Dona Flor, uma sedutora professora de culinária de Salvador que é casada com o malandro Vadinho. Seu marido acaba morrendo e Dona Flor, depois de um tempo sozinha, casa-se com um homem muito recatado. Com saudades do antigo marido, dá um jeito de fazer com que ele volte em espírito. É uma comédia muito boa.

2. Jeca contra o capeta (1976) de Pio Zamuner e Mazzaropi

Outra boa comédia da época e que fez um sucesso enorme. Levou muita gente ao cinema. Estrelada pelo próprio Mazzaropi, conta a história de um homem que precisa provar para todos que não foi seu filho quem assassinou o bandido famoso da cidadezinha.

 

3. Xica da Silva (1976) de Carlos Diegues

Um grande clássico do cinema brasileiro que merece muito respeito. Cacá Diegues filmou a história romanceada da escrava Xica da Silva. Conhecida escrava que foi posteriormente alforriada. Manteve durante 15 anos uma união consensual e estável com o rico contratador dos diamantes João Fernandes de Oliveira, tendo com ele 13 filhos. A história é muito bonita e interessante. Ainda mais quando contada pelo mestre Cacá Diegues. Os atores Zezé Motta e Walmor Chagas estão nos papéis principais.

4. Lúcio Flávio, o passageiro da agonia (1977) de Hector Babenco

Drama de sucesso do diretor Hector Babenco, o filme relata a trajetória de um famoso criminoso da década de 70, Lúcio Flávio. Lúcio Flávio tornou-se conhecido pelos roubos a banco e as fugas espetaculares que realizava. Apesar do filme ser baseado em fatos reais muitas cenas foram inventadas por Hector Babenco.

5. O Trapalhão nas minas do Rei Salomão (1977) de J.B. Tanko

Conta a história de amigos que ganhavam a vida simulando brigas na rua. Até que um dia são contratados para uma expedição às minas do Rei Salomão com o intuito de salvare um homem. O filme fez um sucesso impressionante na época. Levou mais de 5 milhões de pessoas aos cinemas. Diversos filmes dos trapalhões foram sucesso nos anos 70.

6. O menino da porteira (1977) de Jeremias Moreira Filho

Foi outro grande sucesso de bilheteria e atraiu mais de 3 milhões de pessoas aos cinemas. Conta a história de um peão e boiadero chamado Diogo que fica amigo de um menino chamado Rodrigo. Este, sempre abria a porteira para Diogo passar com o gado.

 

7. Amada amante (1978) de Cláudio Cunha

Pornochanchada de sucesso nos anos 70, esta é a história de Augusto que, após passar a vida inteira morando no interior de São Paulo se muda com a família conservadora para o Rio de Janeiro. Lá, ele acaba se envolvendo com a sua secretária, Aparecida, mantendo um caso em segredo. Seus três filhos também fazem amizades na cidade grande e, assim, uma confusão é gerada.

8. A dama da lotação (1978) de Neville de Almeida

Excelente pornochanchada, é a quarta maior bilheteria do cinema brasileiro. Conta a história de Solange e Carlos que se conhecem na infância e depois de mais velhos se casam. Na lua de mel, Solange resiste ao seu marido e ele a estupra. Solange, traumatizada com seu marido não quer mais saber dele. Para satisfazer-se, passa a fazer sexo com os homens que conhecia na lotação que sempre pegava.

9. O Jeca Macumbeiro (1979) de Pio Zamuner e Mazzaropi

Levou mais de 3 milhões de pessoas aos cinemas nos anos 70. Outro filme estrelado por Mazzaropi, esta comédia é a história de um homem que vive com o filho na fazenda de um coronel. O homem encontra uma sacola cheia de dinheiro e conta para o coronel. O coronel, que estava falido, passa a se fazer de pai de santo para ficar com o dinheiro.

10. Bye Bye Brazil (1979) de Carlos Diegues

Comédia dirigida por Cacá Diegues e talvez uma das mais importantes produções da década de 70. O filme foi, inclusive, indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes. Conta a história de três artistas mambembes que andavam pelo país com a Caravana Rolidei fazendo espetáculos para pessoas humildes que ainda não tinham acesso à televisão.

Esta lista é composta por filmes bem variados, como vocês podem ver. Nos anos 70, o Brasil já produzia filmes de vários estilos. Caso você ainda não tenha visto nenhum destes filmes, vá atrás e assista a um deles. Vale muito à pena. Cinema brasileiro é a nossa cara e fala dos nossos problemas, do nosso cotidiano. Principalmente nesta época, menos globalizada. Esta é a minha lista com os 10 melhores filmes brasileiros dos anos 70.

Termos de Busca:

Leia Também:



Deixe um Comentário »