Causas do corrimento

O que é 0

O corrimento vaginal, também conhecido como vaginite ou Leucorréia, é um dos problemas de saúde mais comuns a afetar a área da genitália feminina. Existem diversos fatores que podem causar o corrimento vaginal, porém, a mais comum causa do corrimento vaginal está diretamente relacionada à forma como a mulher moderna escolhe seu vestuário.

Com a popularização das roupas sintéticas, em especial da lycra, mais e mais mulheres acabam se deparando com corrimentos vaginais estranhos. A roupa sintética pode impedir a respiração saudável do corpo e, dessa forma, ocorre um aumento da secreção sebácea, o que leva ao corrimento vaginal.

Ainda que a causa mais comum do corrimento vaginal seja o uso de roupas sintéticas, existem diversos outros fatores que podem provocar o surgimento da vaginite na mulher. O corrimento vaginal pode ser causado por diversas infecções, sejam elas por bactérias, fungos, vírus, etc. até mesmo por doenças mais graves e incomuns como o câncer de vagina, câncer do colo do útero e câncer do endométrio.

A candidíase (causa bastante comum do surgimento de corrimentos vaginais) pode ser facilmente identificada pela própria mulher que passa a apresentar um corrimento vaginal de cor esbranquiçada e espesso. Além disso, a área da vagina passa a apresentar coceiras e queimação. Os sintomas da candidíase tendem a piorar durante a semana da menstruação.

Causas do corrimento

No caso de infecções bacterianas, como glamídias ou gonococos, a mulher apresentará um corrimento vaginal esbranquiçado, cinza ou até mesmo amarelado. O corrimento vaginal causado por uma infecção bacteriana apresenta um cheiro fortíssimo muito similar ao cheiro de peixe cru.

No caso de doenças mais graves, como os diversos tipos de câncer citados acima, o corrimento vaginal será bastante líquido, de tom amarelado e, muitas vezes, acompanhado de sangue. Nesse caso é recomendável que se procure um especialista o mais rápido possível.

Para identificar um corrimento vaginal é recomendável que a mulher observe o fundo de sua calcinha durante o uso e analise o papel higiênico utilizado para limpar a vagina após urinar. Para identificar o tipo de corrimento vaginal, visite um ginecologista.

Os tratamentos para Corrimentos vaginais variam dependendo do agente causador (fungos, bactérias, etc.), podendo levar dias ou poucas semanas para serem curados. Caso a mulher possua um parceiro sexual, é recomendável que o mesmo também passe por tratamento, a fim de evitar quaisquer complicações futuras.

É bom lembrar, também, que nem todo Corrimento vaginal representa um problema de saúde. Quando a secreção vaginal não vem acompanhada de odores, coceiras, ou de colorações estranhas, ela pode ser apenas um sinal da ovulação.

No caso dos homens, o Corrimento na genitália é sempre sinal de alguma doença, seja ela DST ou até mesmo algo mais sério. Portanto é aconselhável que se procure um especialista o mais rápido possível.

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »