Eritroblastose Fetal – Causas e Tratamento

O que é 0

Na de toda mulher, com certeza o momento mais mágico é a hora de ter um filho. Nessa hora, todo cuidado é pouco e devemos levar em conta que a mulher grávida e o bebê devem receber o melhor tratamento possível, dessa forma, evitando precocemente algumas doenças relacionadas à gravidez. Nesse artigo falaremos um pouco a respeito da Eritroblastose Fetal, uma doença que necessita de muitos cuidados no pré natal para que não se coloque em risco a vida da mãe e do bebê.

A Eristroblastose Fetal ocorre com mães que possuem o sangue com Rh negativo e que já tenham tido um bebê com Rh positivo. Quando essa mãe Rh – da à luz a uma criança com sangue Rh +, o contato do sangue materno com o sangue do bebê faz com que a mãe crie anticorpos contra os antígenos presentes nas hemácias do bebê, essas hemácias do bebê têm o Rh +, que é justamente o que os anticorpos maternos tentam destruir. O problema da Eristroblastose Fetal, ocorre quando essa mãe Rh -, que já teve filho Rh +, engravida novamente de uma criança Rh+.

Isso, pois o corpo da mãe já contém os anticorpos contra o Rh + e o organismo materno acaba “atacando” o sangue do bebê, aglutinando as hemácias do mesmo, podendo levar ao óbito a criança. Como as hemácias do bebê são destruídas, o mesmo desenvolve uma espécie de anemia; geralmente bebês que sofreram com a Eritroblastose Fetal nascem com uma pele mais amarelada, devido justamente a essa destruição de suas hemácias.

Tratamento da Eritroblastose Fetal

O tratamento da Eritroblastose Fetal é feito logo após a mãe dar a luz ao primeiro filho com Rh +, injeta-se na mãe uma quantidade de anticorpos anti-Rh, conhecido também como imunoglobulina, a função dessa substância é justamente destruir de forma rápida as hemácias do sangue Rh + do feto que se misturou com o da mãe; dessa forma, não da tempo da mãe desenvolver uma sensibilidade ao Rh +, não desenvolvendo os anticorpos anti Rh +.

A Eritroblastose Fetal é uma doença muito séria e deve ser tratada pelas mães, assim como todas as doenças relacionadas à gravidez, a Eristroblastose Fetal pede um pré-natal bem feito, dessa forma a vida da mãe e da criança ficaram mais seguras. Realizar o pré-natal de maneira adequada é fundamental para que não se tenha problemas futuros em relação à gravidez, consultar um médico especialista é indispensável.

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »