Genética – História e Importância

O que é 0

Genética é a área das ciências biológicas responsável pelo estudo da hereditariedade. Através da Genética, entendem-se os genes, a sua determinação nas características dos seres vivos, a sua transmissão e os processos de mutação.

O estudo da Genética traz grandes implicações na vida dos seres humanos, pois ela nos traz o conhecimento sobre a manifestação de inúmeras doenças e a capacidade de influenciar a hereditariedade para o aumento e melhoramento na produção de animais e vegetais de interesse econômico e para a saúde.

História da Genética

Os padrões da hereditariedade e o fundamento da Genética foram inicialmente propostos em 1866 por Gregor Johann Mendel através do seu experimento com ervilhas. Mendel obteve linhagens puras de ervilhas verdes e linhagens puras de ervilhas amarelas e que cruzadas resultaram apenas ervilhas verdes. Esta geração resultante foi cruzada entre si e o resultado foi uma proporção de três quartos de ervilhas verdes e um quarto de ervilhas amarelas.

Observando estes resultados, Mendel propôs que cada progenitor transmitia suas características à prole e, em condições em que estas características diferiam entre os dois progenitores, como no caso do cruzamento entre ervilhas amarelas e ervilhas verdes, uma característica apresentava dominância em relação à outra e, assim, ela se expressava na prole, o que resultou em apenas ervilhas verdes.

No entanto, ambas as características estavam presentes na prole que cruzada entre si possibilitava o reaparecimento da característica recessiva em 25% dos casos, uma vez que nestes indivíduos ocorria a combinação de apenas estas características recessivas.

Com isso, Mendel postulou as três leis da Genética que estabeleciam a segregação independente das características nos gametas, a uniformidade de características de um indivíduo devida à expressão das características dominantes e a recombinação das características dos progenitores na prole.

Apesar de Mendel não ter identificado os genes, seus trabalhos trouxeram uma grande contribuição para a Genética, a qual, no entanto, só foi reconhecida após a sua morte.

Genética: a transmissão e a função dos genes

O nosso material genético carrega as informações que são determinadas através do DNA. Esta molécula é dividida em genes, os quais são responsáveis por determinar as mais variadas funções do nosso organismo. Cada gene possui um alelo, que é outro gene responsável pelas mesmas funções.

Os genes são transmitidos através dos gametas dos pais. Estes, por sua vez, são formados pelo processo meiose, que separa os genes alelos, sendo apenas um deles transmitidos à prole.

Quando ocorre a fecundação os gametas se fundem formando o zigoto que volta a ter os dois genes alelos, porém um vem do pai e o outro vem da mãe. Dessa forma, há a recombinação dos genes e as características dominantes do pai ou da mãe predominam no descendente.

A determinação das funções pelos genes ocorre através da transcrição da molécula de RNA tendo como molde a molécula de DNA que forma os genes. Este RNA determina a produção de proteínas que realizam as mais diversas funções do nosso organismo.

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »