Jovem Aprendiz

O que é 1

O programa Jovem Aprendiz colabora que as pessoas que estão iniciando no mercado. Apesar do mercado de trabalho parecer saturado, se engana quem acredita nisso, na verdade falta profissional, mas estes devem ser altamente qualificados e se encaixarem nos perfis das empresas, que estão cada vez mais exigentes, para poderem se destacar. Esta preocupação abrange todas as faixas- etárias, mas principalmente os mais jovens que estão passando pela dificuldade de serem aceitos no primeiro emprego, uma vez que a maioria dos empregadores exige experiência profissional.

Então, para aqueles que estão à procura do tão sonhado primeiro emprego ou precisam adquirir maior experiência, uma ótima opção é o programa Jovem Aprendiz, que auxilia aqueles que necessitam aprimorar suas qualificações para assim tornarem-se competitivos no tão afunilado mercado de trabalho. Essa oportunidade é uma iniciativa do Governo Federal que obriga empresas de médio e grande porte a oferecerem uma cota ao programa Jovem Aprendiz.

O ponto forte do programa Jovem Aprendiz é que ele permite aos candidatos continuarem estudando sem prejuízo do seu desempenho escolar, o que é fundamental, pois possuem uma carga horária de trabalho de 6 (seis) horas diárias, além de o candidato ter todos os benefícios trabalhistas, ou seja, de acordo com as leis da CLT, como: férias, 13º salário, FGTS, repouso remunerado e vale-transporte. O contrato é especial e não pode passar de dois anos, e assim que seu período de Jovem Aprendiz termina, o estudante recebe um certificado.

No entanto, os jovens não devem se entusiasmar tanto com o salário referente ao Jovem Aprendiz, que obviamente não será nada exorbitante, equivalente a um salário mínimo – R$ 545,00 – que corresponde ao piso nacional, mas o que está em jogo aqui e o que realmente importa é o aprimoramento de suas qualificações, e quanto a isso o programa é perfeito.

Como Participar do Jovem Aprendiz

Para participar do Jovem Aprendiz, os candidatos devem atender à faixa etária de 14 a 24 anos, e estarem matriculados em um curso do Senai, Senat, Senac, Sescop, Senar ou em escolas técnicas. Mas se as instituições quiserem contratar aquele que não está em um ensino profissionalizante, ela ficará responsável por colocá-la em um curso. As vagas oferecidas serão da Eletrobrás, ECT – Correios, Caixa econômica Federal e Banco do Brasil. E para participar do processo seletivo basta se inscrever pelo site www.ciee.org.br.

Portanto, para aqueles que estão antenados na demanda do mercado e que sabem que estar empregado, infelizmente é um privilégio para poucos, não percam tempo, informem-se e participem do programa Jovem Aprendiz 2012, e entrem com o pé direito no mercado de trabalho.



Deixe um Comentário »



1 Comentário »

  1. Eric Casemiro Barbosa March 23, 2012 at 18:14 - Reply

    não consigo me cadastrar via internet pois quando chega na pagina do curso que estou fazendo eu informo na hora da duração o programa não me dá escolha e nem deixa eu digitar a duração