Laqueadura – Técnicas e Pós-Operatório

O que é 1

A Laqueadura ou ligadura das tubas uterinas é um método cirúrgico de esterilização feminina. As tubas uterinas, também conhecidas como trompas de Falópio, são responsáveis por ligar o útero aos ovários e, assim, permitir que os óvulos se desloquem dos ovários, encontrem-se com os espermatozóides e cheguem fecundados até o útero, onde se dará a gestação. A Laqueadura é uma cirurgia simples e efetiva, mas que traz grandes controvérsias motivadas por questões religiosas, políticas, sociais e econômicas.

Como é feita a Laqueadura

A Laqueadura é realizada através da obstrução das tubas uterinas, que podem ser cortadas ou amarradas. O procedimento tem duração média de 40 minutos, a internação é feita 12 horas antes e a recuperação pode levar dez dias.

Existem diversas técnicas de realização da Laqueadura, nas quais podem ser colocados anéis de plástico, clipes de titânio ou podem ser empregados fios de suturas, e as tubas uterinas podem ser queimadas e cortadas.

A Laqueadura pode ser feita através da abertura do abdômen ou por laparoscopia e a anestesia pode ser geral ou local. A cirurgia é efetiva e quase 100% das mulheres que realizam a Laqueadura não engravidam mais. Porém, em alguns casos extremamente raros pode ocorrer o religamento das tubas uterinas, o que pode ocasionar a gravidez.

Outra complicação da Laqueadura é a possibilidade de causar menopausa precoce, caso a circulação do ovário e as suas funções sejam prejudicadas durante o procedimento.

O pós-operatório da Laqueadura

Durante os dez dias de pós-operatório, aproximadamente, é recomendado o repouso. A mulher que realizou a Laqueadura não deve manter relações sexuais por uma semana e, ainda, dentro do primeiro mês as relações devem ser feitas com o uso de camisinha.

Por mais que a Laqueadura seja um método contraceptivo permanente, ela não previne a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, o que faz com que a camisinha seja dispensada apenas para se evitar gravidez e não para se evitar doenças.

No Brasil, a lei 9.263 de 1996, a Lei Sobre Planejamento Familiar, regulamenta a cirurgia da Laqueadura. Pela lei, somente mulheres acima de 25 anos ou que tenham pelo menos dois filhos podem realizar a cirurgia. Ainda, a lei prevê que mulheres com problemas de saúde ou que correm potenciais riscos se engravidarem podem fazer a Laqueadura.

Outras questões previstas nesta lei são a necessidade de a mulher interessada na Laqueadura participar de uma reunião de planejamento familiar e de uma entrevista com assistente social. Por fim, é preciso assinar um termo de responsabilidade e de ciência dos riscos com no mínimo sessenta dias antes da realização da Laqueadura.

Para realizar a Laqueadura é preciso muita reflexão, uma vez que este é um procedimento de esterilização permanente e muitas mulheres, seja pela mudança de parceiro, perda de filhos ou melhora nas condições financeiras, arrependem-se de ter realizado a cirurgia. A reversão da Laqueadura, em muitos casos não é possível.

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »



1 Comentário »

  1. debora cristina February 18, 2012 at 20:05 - Reply

    Olá, gostaria de saber por que após fazer laquiadura tenho a sensação de sopro abdominal e dor no umbigo ao tossir.Por que sinto isto? O encômodo é demais,obrigada pela atenção.