Macroeconomia – Conceito e Objetivos

O que é 0

Quando se pensa em economia já se vem à cabeça a imagem de um cofrinho em forma de porquinho? Economizar, em linguagem comum, significa poupar dinheiro. Mas sabemos bem que na língua dos especialistas a economia é uma ciência um tanto mais conflituosa e instigante: cheia de contornos, labirintos e problemas a ser desvendados. Se tratando desse assunto, iremos hoje falar um pouco mais sobre o conceito de “macroenonomia”, afinal, o que vem a ser isto?

Buscando uma resposta primeiramente no nome, macro é uma palavra de origem grega que significa “amplo, grande”, enquanto economia é uma junção da palavra grega “oikos” que significa administração e de seu sufixo, que significa “lar”. Portanto, economia, para os gregos, significa uma regulamentação e/ou administração do domínio doméstico. Porém, para nós, sabemos que essa palavra sofreu fortes alterações em seu significado.

Hoje em dia, é claro, a economia não é a mesma coisa que veio a ser para os gregos, afinal, nem se pode considerar economia, no sentido literal, na antiguidade. Macroenomia na contemporaneidade, nada mais significa do que um ramo da ciência econômica que estuda uma economia regional ou nacional como um todo, ou seja, Macroeconomia sugere um estudo da totalidade econômica de algum lugar em específico, sendo específica somente quanto a uma grande localização.

Estudos e Objetivos da Macroeconomia

A Macroeconomia estuda, portanto, aspectos fundamentais de grandes blocos econômicas, tais como: renda e produtos; níveis de preços; estoque de moeda; taxa de juros; balança comercial; índice de emprego e desempregos. A partir destes dados gerais, o resultado que se tem graças à Macroeconomia é de grande importância para se aduzir relações entre grandes blocos econômicos e entender o funcionamento e as interações relevantes entre um e outro.

A macroenomia tem alguns importantes objetivos: diminuir o nível de desemprego; estabilizar os preços; fazer ampliar a economia de forma geral; solucionar problemas e grandes conflitos que possam vir a ocorrer destas flutuações do mercado. É a partir destes problemas que a macroenomia encontra o seu chão e traça as suas metas, e, como podemos observar, este ramo da economia é de muita importância para o estado social em que estamos vivendo atualmente.

Interessou-se pelo estudo da macroenomia? Que tal se debruçar nos livros e aprender um pouco mais também sobre a microeconomia? Não deixa de se atentar às semelhanças e diferenças entre uma e outra e faça de seus estudos um grande negócio, pois aprender um montão é uma grande arma para o seu sucesso! Boa sorte e continue estudando.

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »