O que é Glúten

O que é 0

Muitos alimentos que compramos vem com a seguinte informação: contém glúten. Mas afinal, o que vem a ser o glúten? Será que é perigoso? O glúten é uma proteína. Esta proteína está muito presente em derivados do trigo. Portanto, é bastante comum de ser encontrado nos pãezinhos que consumimos no dia a dia. Importante ingrediente para a fabricação do pão, esta proteína ajuda a massa a ter mais liga, fazendo também com que ela cresça mais. O glúten é uma substância com características peculiares. É bastante fibroso, elástico, pegajoso e possui uma cor âmbar. Além de auxiliar no crescimento dos pães, o glúten ainda retém a umidade da massa e também do pão depois de assado.

A maior fonte de glúten em nossa alimentação é, sem dúvida, a farinha de trigo. A farinha de trigo é a mais rica neste tipo de composto. O glúten possui em sua composição dois grupos de proteína. As gliadinas e as gluteinas. As gliadinas são as responsáveis pela extensão da massa. Já as gluteinas se responsabilizam pela elasticidade da massa.

Aviso de Glúten nos Alimentos

Muitas embalagens de alimento trazem o alerta sobre a presença de glúten devido a uma doença chamada de doença celíaca. As pessoas que tem a doença celíaca não produzem a conhecida peptidase, uma enzima responsável por quebrar o glúten. Assim, estas pessoas com a doença celíaca, por não conseguirem quebrar o glúten, acabam fazendo com ocorra um enfraquecimento das vilosidades do intestino delgado. Quando estas vilosidades estão enfraquecidas ocorre uma certa irritação no local, a barriga fica dilatada e pode ocorrer também diarreia. Em alguns casos ocorre também anemia crônica e o doente acaba perdendo bastante peso. Por esta razão que, em 1992, uma lei passou a obrigar todas as empresas fabricantes de produtos com glúten informarem nas embalagens quando a substância estiver presente.

Existem médicos totalmente contrários à presença do glúten nas dietas. Dizem que o composto é uma verdadeira cola que fica no nosso intestino e gera problemas como saturação do aparelho digestivo, deficiência de cálcio, resistência à insulina, alergias, entre outros. Hoje em dia, com o grande consumo de bolachas, bolos, biscoitos e pães de todos os tipos, tem se levantado uma maior preocupação com o glúten. Excesso de glúten também acaba gerado intolerância em pessoas normais. Por isto, a melhor coisa a fazer é manter sempre uma dieta equilibrada e praticar muito exercício físico. Desta forma, um pãozinho não fará mal a ninguém.

Leia Também:

Deixe um Comentário »