Pneumonia Bacteriana

O que é 1

A Pneumonia Bacteriana é uma enfermidade que consiste na inflamação dos alvéolos, localizados no pulmão. Como o próprio nome diz, essa doença é acarretada através da infecção de uma bactéria, afetando pessoas de ambos os sexos e todas as idades. A cada ano, cerca de dois milhões de casos de pneumonia ocorrem aqui no Brasil e, dentre esses episódios, mais de 30 mil brasileiros morrem. Entretanto, é importante lembrar que esses dados não se referem apenas à Pneumonia Bacteriana, mas sim a todos os tipos ? causados por vírus, bactérias e substâncias químicas. Ainda assim, a Pneumonia Bacteriana é a mais freqüente, sendo responsável por 50 % dos casos dessa enfermidade.

O que ocorre no processo da Pneumonia Bacteriana é que os alvéolos pulmonares ficam cheios de muco e pus, fazendo com que a função do pulmão não seja adequada. Assim, o oxigênio pode acabar não chegando até a corrente sanguínea e, consequentemente, não alcançando as células que necessitam desse gás e, sem ele, param de funcionar da maneira adequada. Graças a processo, se a infecção se espalhar pelo organismo, a pneumonia pode levar à morte.

Sintomas da Pneumonia Bacteriana

Os sintomas mais comuns são calafrios, respiração ofegante (falta de ar), aceleração do pulso, tremores, febre, dor no peito, tosse com catarro e/ou pequena quantidade de sangue e suor intenso. Os casos mais severos também podem acarretar o escurecimento das unhas e dos lábios, devido à falta de oxigênio. Vale frisas que a pneumonia silenciosa também existe, dificultando o diagnóstico pela falta de sintomas claros, principalmente em pacientes idosos.

A Pneumonia Bacteriana, como dito anteriormente, é o tipo mais comum de pneumonia, graças à sua maior incidência. Geralmente, ela acomete adultos através de uma bactéria chamada de Pneumococo. Na verdade, muitos microorganismos estão sempre presentes em nossas bocas e só nos trazem complicações quando nossa imunidade cai, deixando-nos vulneráveis. Justamente por isso, a maioria dos casos de pneumonia ocorre após algum outro problema de saúde, como um resfriado ou uma gripe.

Quanto mais cedo for feito o diagnóstico de pneumonia, maiores são as chances de cura. Geralmente, essa enfermidade é tratada através de antibióticos que visam aliviar os sintomas após 48horas ou 72 horas. A maioria dos casos de Pneumonia Bacteriana, principalmente em pessoas mais jovens, pode ser tratada em casa, mas os casos mais severos exigem hospitalização para que o paciente receba oxigênio e antibiótico por via intravenosa.

Para se prevenir, o indivíduo pode optar por tomar vacina contra a gripe, visto que a pneumonia aparece depois da queda da imunidade. Além disso, também existe vacina contra a bactéria pneumococo, principal causadora da Pneumonia Bacteriana. Sendo assim, esteja sempre atento ao aparecimento de sintomas e não deixe de procurar um profissional. Lembre-se: quanto mais cedo a pneumonia for diagnosticada, maiores as chances de um ótimo prognóstico.

Termos de Busca:



Deixe um Comentário »



1 Comentário »

  1. Tony November 30, 2011 at 11:05 - Reply

    Infelizmente o ar das grandes metrópoles, além da poluição tem muitos poucos íons positivos e negativos para combater vírus, bactérias, fungos e ácaros, afetando a saúde de crianças, idosos, gestantes, hipertensos, cardíacos e esportistas e todas as pessoas que sofrem de alguma alergia respiratória como asma, rinite, sinusite, bronquite, além de gripes, resfriados e pneumonia. Tente manter a casa limpa e colocar um bom purificador de ar nos quartos e verá como você e a sua família poderá respirar, relaxar e dormir melhor a noite. Procure um purificador que possua filtro de carvão ativado e o verdadeiro filtro HEPA, o mesmo utilizado em centros cirúrgicos e que consegue reter até 99,97% das impurezas acima de 0,3microns, e melhor ainda sem efeitos colaterais.