Processos de eletrização – Conceito e explicação

O que é 0

Aqui neste texto vamos explicar para você um pouco sobre os processos de eletrização. Existem diversos processos de eletrização e todos eles são estudados na física. São processos bem curiosos e interessantes.

A eletricidade começou a ser estudada primeiramente pelos gregos. Isto há muito tempo. Na realidade, pode ser que diversos outros povos já estivessem estudando este fenômeno da eletricidade, entretanto, os gregos foram os primeiros a fazer registros de casos. Por esta razão, atribui-se aos gregos os primeiros estudos da eletricidade. Após isto, começaram os estudos com relação aos processos de eletrização. As primeiras observações da eletricidade ocorreram em um material que recebe o nome de âmbar. O âmbar é um material bem parecido com o plástico e é resultado da seiva endurecida de uma antiga árvore que já se encontra extinta.

O âmbar possuía a curiosa capacidade de atrair outros objetos leves como, por exemplo, penas e papel picado, após ter sofrido atrito de algum tipo de lã ou pelo de animal. Quem observou isto pela primeira vez foi o filósofo grego Tales de Mileto. Logo se percebeu que a eletricidade não era uma característica particular ao âmbar. Era uma espécie de fenômeno generalizado e que ocorria com diversos materiais. Assim, começou a se realizar estudos vinculados aos processos de eletrização. Durante os processos de eletrização cargas elétricas são adquiridas. Podemos classificar os processos de eletrização em três tipos diferentes: eletrização por indução, eletrização por atrito e também eletrização por contato.

Processo de eletrização por atrito

Um dos processos de eletrização mais recorrente é o de eletrização por atrito. Neste caso, quando dois corpos, inicialmente neutros e constituído de substancias diferentes, são colocados em contato muito próximo os dois corpos estarão ao final eletrizados e com cargas diferentes. Outro dos processos de eletrização, a eletrização por contato ocorre quando um corpo que estava eletrizado é colocado em contato com outro corpo que estava neutro. Já a eletrização por indução ocorre quando um corpo eletrizado é colocado próximo a um corpo neutro sem, entretanto, haver qualquer tipo de contato. A eletrização ocorre, como diz o nome, apenas por indução.

Estes são os processos de eletrização que a física se preocupa em estudar. Esperamos que tenham ficado claro as diferenças e que você tenha entendido bem os conceitos. A melhor forma ver se você realmente aprendeu o que foi explicado é realizando alguns exercícios. Portanto, faça uma busca em sites especializados e coloque em prática o que foi explicado no texto acima.

Termos de Busca:

Deixe um Comentário »