Pronomes de tratamento – Quais são e como usar

O que é 0

Interessado em descobrir um pouco mais sobre os pronomes de tratamento? Saiba que você se encontra no lugar certo. Nós sempre se pegamos em dúvida quando pensamos na melhor forma para nos dirigirmos a uma pessoa. É nesse momento em que surgem as dúvidas, afinal, quando é que eu devo utilizar o “senhora” ou o “senhorita”? Estes casos ainda são mais fáceis de resolução, mas quando mandamos um “excelentíssimo” a dúvida paira no ar, afinal, será que ao usar tal pronome de tratamento eu não estarei sendo “puxa saco demais”? Tais dúvidas, realmente, acontecem e para saná-las nada como se voltar para a língua portuguesa e descobrir o que essa tem para nos dizer sobre o assunto.

Antes de qualquer coisa, vale lembrar então que os pronomes de tratamento expressam a forma pela qual nós nos dirigimos às pessoas em um discurso. Sendo assim, há momentos em que podemos tomar uma atitude mais informal em relação a uma terceira pessoa, há outros, porém, que a situação exige certa formalidade e é nesta hora que devemos entender um pouquinho mais sobre tais pronomes. Quando estamos diante de uma pessoa íntima, alguém de nossa família, ou namorado(a) podemos nos utilizar de um “você” facilmente.

Pronomes de tratamento formais

Senhor, ou senhora, porém, é utilizado em relação às pessoas que não mantemos uma relação muito intima, sendo necessário certo grau de respeito. Além disso, podemos fazer uso desse pronome de tratamento quando a pessoa no discurso, a qual queremos nos dirigir, se apresenta com certo grau de prestígio. Agora, caso a pessoa apresente certo grau de autoridade, tal quando nos dirigimos através de uma carta, ou e-mail, para algum diretor da escola, ou algo do tipo, temos que usar o pronome de tratamento “Vossa Senhoria”.

Quando ao pronome de tratamento “Vosso Excelência”, o qual sempre coloca as pessoas em dúvida quanto a sua utilização, saiba que tal pronome deverá ser usado apenas nos casos em que vamos nos dirigir às pessoas com certo grau alto de autoridade, por exemplo, o presidente da república.

Caso a pessoa do discurso seja um cardeal, ou membro da igreja, nós teremos que utilizar o pronome de tratamento “Vossa Eminência”. E, caso você trombe por aí com algum príncipe ou duque e fique em dúvida sobre a forma pela qual você deverá se dirigir a eles, saiba que “Vossa Alteza” é a mais recomendada. Viu só? Não é tão difícil assim se comunicar de maneira correta. As regras do português estão aí para isso. Boa sorte nas pesquisas!

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »