Relações Ecológicas – Conceito e classificação

O que é 0

As relações ecológicas são a base para que possa existir vida no nosso planeta. Todos os seres vivos que habitam o planeta Terra se relacionam com outros seres. Sejam estes seres da mesma espécie ou não. Quando esta relação entre seres é da mesma espécie, podemos dar o nome de relações intraespecíficas. Quando esta relação entre seres não é da mesma espécie, podemos dar o nome de relações interespecíficas.

Estas relações ecológicas podem ser harmônicas e também desarmônicas. Quando elas são consideradas desarmônicas é porque há prejuízo para pelo menos um dos seres, já quando elas são consideradas harmônicas é porque não há prejuízo para nenhum dos seres envolvidos.

Algumas das relações ecológicas que são consideradas intraespecíficas e harmônicas são, por exemplo, as sociedades e as colônias. Nas sociedades seres da mesma espécie se relacionam estando anatomicamente separados. Entretanto, há um esquema de divisão de trabalho. Por outro lado, relações consideradas intraespecíficas e desarmônicas são, por exemplo, o canibalismo e a competição. No canibalismo, por exemplo, um indivíduo se alimenta de outro ser da mesma espécie.

Classificações das relações ecológicas

As relações ecológicas interespecíficas harmônicas podem ser classificadas em mutualismo, protocooperação, inquilinismo e comensalismo. O mutualismo, por exemplo, existe quando seres de espécies diferentes se encontram associados e criam um vínculo de dependência entre eles. Já o inquilinismo, por exemplo, ocorre quando uma espécie em específico usa a outra espécie como abrigo. Neste caso, somente a espécie que se abriga se beneficia, porém, a outra não sofre prejuízo algum.

Com relação às relações interespecíficas desarmônicas podemos citar outros tipos de relações ecológicas. Existe por exemplo, o amensalismo, o predatismo, o parasitismo e a competição. A competição é quando existe uma disputa intensa entre seres de espécies diferentes por algum tipo de recurso, seja território, comida ou outra opção. Já no caso do parasitismo, por exemplo, a espécie parasita fica retirando do corpo da espécie hospedeira nutrientes, para assim garantir sua sobrevivência. Desta forma, o hospedeiro fica debilitado. No caso do amensalismo uma espécie acaba inibindo o desenvolvimento da outra espécie. E no caso do predatismo um ser de uma espécie utiliza o outro como alimento.

Estas são as principais relações ecológicas que existem no planeta Terra. Elas podem ocorrer entre as mais variadas espécies e algumas são até mesmo curiosas. Espero que vocês tenham aprendido um pouco sobre as relações ecológicas. É realmente muito bonito ver como todos os seres se relacionam, não é?

Termos de Busca:

Deixe um Comentário »