Segunda Guerra Mundial – Causas e Consequências

O que é 0

Mais do que qualquer outro conflito, o de 1939 – 1945, conhecido como Segunda Guerra Mundial, foi um dos mais aterrorizantes que o mundo já viu, principalmente pela extensão territorial que abarcou e pelas perdas de vidas humanas. Ao longo desses 6 anos, os combates entre os Aliados (Inglaterra, França e, a partir de 1941, Estados unidos e União Soviética, além de outros países) e o Eixo (Alemanha, Itália e Japão) desenvolveram-se em 4 fronts: Europa Ocidental, Europa Oriental, Norte da África e Pacífico.

A Segunda Guerra Mundial caracterizou-se também por novas tecnologias bélicas, bombardeios maciços de cidades, como o ocorrido durante a Guerra Civil Espanhola (1936- 1939), quando Hitler e Mussolini em apoio ao General Franco bombardearam a cidade de Guernica, como forma de testarem as armas e aviações de fabricação alemã; pela política de extermínio adotada pelos nazistas em campos de concentração, conhecida como Holocausto, e a decisão norte-americana de usar a bomba atômica em 1945. Em suma,as nações participantes da guerra fizeram de muitos países o palco para as novas tecnologias armamentistas de modo a medirem forças, mostrando em cada ataque e extermínio em massa, quem tinha mais poder, e dessa forma fizeram dos civis as grandes vítimas do conflito.

Influências da 1ª Guerra na 2ª Guerra Mundial

As causas da Segunda Guerra Mundial remontam os tratados que puseram fim à 1ª Guerra Mundial (1914- 1918), pois estabeleceram reparações extremamente penosas para os vencidos, principalmente para os alemães. Dessa forma, disseminou-se entre eles um profundo ressentimento nacional contra os vencedores. Ao mesmo tempo, os italianos – que lutaram ao lado dos vencedores na 1ª Guerra Mundial – também saíram descontentes da guerra, pois não obtiveram as compensações que esperavam. Esse estado de espírito gerou condições na Itália e Alemanha para as ascensões de movimentos radicalmente antidemocráticos como o Fascismo e o Nazismo, respectivamente; que implantaram nos 2 países Estados militaristas e expansionistas, com forte apelo nacionalista.

Além disso, estavam em jogo aspirações imperialistas, pois os grandes empresários alemães, por exemplo, exigiam “suas partes” na exploração do mundo colonial (exploração esta que fez do continente africano uma verdadeira colcha de retalhos, repartindo territórios, juntando tribos inimigas em um mesmo local, explorando a terra e seu povo, de acordo com que era mais vantajoso para cada nação imperialista; o que em suma fez com que o continente se debruçasse em grandes guerras civis e miséria, que perduram até hoje), pois os vencedores da 1ª Guerra Mundial haviam tirado as colônias da Alemanha, repartindo-as entre si.

Ao final da Segunda Guerra Mundial as perdas humanas foram incalculáveis, sobretudo na Europa. Os 6 anos de conflito custaram mais que 413, 25 bilhões de libras, morreram muito mais de 40 milhões de pessoas, a maioria delas civis. Os Estado Unidos, cujo território permaneceu intacto (à exceção de Pearl Harbor, no Havaí, alvo do ataque dos japoneses em 1941), foram mais uma vez beneficiados com o conflito. Entre 1939 e 1945, sua produção industrial dobrou e no final da guerra desfrutava de um superávit de 11 bilhões de dólares na balança comercial e concentrava 80% das reservas mundiais de ouro.

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »