Sistema Nervoso – Composição e Funções

O que é 0

O Sistema Nervoso é aquele que ajusta o corpo ao ambiente externo, de forma a conciliar as características desse, do organismo e elaborar uma resposta às condições apresentadas. É um sistema dividido entre nervoso central (SNC) e periférico (SNP). Ele é composto por diversas unidades e a que é a base de tudo é a célula nervosa, mais conhecida como neurônio.

O Sistema Nervoso Central é composto pelo encéfalo e medula espinal e ele é responsável por processar e integrar informações. Ele faz com que o organismo interaja com o meio ambiente. Ele conta com cérebro, cerebelo, medula espinhal e com os órgãos dos sentido. Já o Sistema Nervoso Periférico ou autônomo conta com nervos e gânglios e conduz as informações percebidas aos órgãos que efetuam ações, tais como músculos e glândulas, por exemplo. Ele é responsável pelo funcionamento interno, como por exemplo, movimentos peristálticos, do piscar de olhos, de reflexos etc.

A Importância dos Neurônios no Sistema Nervoso

É preciso conhecer um pouco mais o neurônio, que é o elemento básico de todo esse sistema. Essa célula é muito sensível e ela percebe tudo o que ocorre no ambiente, reagindo conforme cada situação. Essa forma de agir é devida a uma mudança elétrica, mais conhecida como impulso nervoso.

Os neurônios formam diversas ligações entre si, formando uma grande rede. Cada célula dessa possui um corpo, dentritos e axônio. No corpo, existe o núcleo da célula, a parte mais importante dela. Os dentritos são verdadeiras ramificações que levam os estímulos captados do ambiente para o corpo da célula. O axônio é um prolongamento fino que tem como função passar para outras células os impulsos nervosos.

O Sistema Nervoso também conta com células glia ou gliais que são responsáveis por sustentar os neurônios e ajudá-los nas suas atividades. Existem muitas formas delas, como os astrócitos que controlam o fluxo de substâncias presentes no sangue rumo às células nervosas, por exemplo.

Agora que já se sabe a composição básica do Sistema Nervoso, é preciso saber como ocorre o impulso nervoso. Um estímulo faz com que ocorram despolarizações e repolarizações em toda a membrana plasmática do neurônio e esse processo é o próprio impulso. Ele se desloca em um só sentido pela fibra nervosa e os dentritos é que são os transportadores do impulso até o corpo celular. Chegando nessa localidade, o axônio leva o impulso para bem distante do celular. Isso tudo ocorre em uma velocidade altíssima, quase que imperceptível, variando de 10cm/s a 1m/s.

Termos de Busca:

Leia Também:



Deixe um Comentário »