Teste De Schiller

O que é 0

O Teste De Schiller é um tipo de exame que utiliza uma solução iodetada chamada de lugol. Essa solução é aplicada no colo do útero com a intenção de colorir a região interna da vagina e do colo para observar as células locais. Geralmente, esse teste é realizado durante um outro exame que chama colposcopia, um outro exame ginecológico realizado através de uma lente de aumento usada para verificar sinais de câncer no útero.

Geralmente, o Teste De Schiller é requisitado pelo médico ginecologista quando o exame Papanicolau apresenta alguma anormalidade. A suspeita que indica a necessidade de realizar o exame, na maioria das vezes, está relacionada com HPV (Papiloma Vírus), Sífilis ou com câncer no colo do útero em mulheres sexualmente ativas. Além disso, o exame também pode detectar algum tipo de inflamação vaginal.

Resultados do teste de Schiller

Os possíveis resultados do Teste De Schiller são dois: positivo e negativo. Quando dá positivo, significa que existe algum tipo de alteração nas células vaginais ou nas células do colo do útero. Quando isso ocorre, é necessária a realização de uma coleta da parte que não foi colorida para uma avaliação (chamada de biópsia) melhor e mais aprofundada sobre o que pode estar acontecendo. Nesses casos, existe a hipótese de a mulher apresentar células cancerígenas, mas sem necessariamente ter câncer. Já outras situações de Schiller positivo podem significar uma inflamação na vagina ou até mesmo o DIU mal colocado.

A solução iodada aplicada em toda a região da vagina deve reagir com as células da região. É exatamente quando as células não colorem, que há indícios de alguma alteração nas áreas específicas. A biópsia que deve ser realizada fará um importante papel: através dela, o ginecologista poderá definir onde e qual é a lesão e, além disso, determinar com exatidão a gravidade e o risco.

Nos casos onde o Teste De Schiller apresenta um resultado negativo, significa que não existe nenhuma alteração nas células da vagina, do colo do útero e do canal vaginal. O Schiller positivo é quando o iodo é negativo. Já o Schiller negativo aparece quando o iodo é positivo, o que é ideal para a mulher.

É importantíssimo frisar que o Teste De Schiller deve ser realizado em todas as mulheres que tem uma vida sexualmente ativa e, principalmente, em mulheres que apresentam algum tipo de dor, sangramento (além da menstruação) após relações sexuais, corrimento anormal e algum tipo de alteração patológica no exame Papanicolau, que deve ser realizado todos os anos durante a consulta ginecológica.

Termos de Busca:

Leia Também:



Deixe um Comentário »