Vulcão – Causas e Consequências

O que é 0

Vulcão para brasileiros só em filmes em DVD ou nas telonas. Muitos de nós acabam vendo as paisagens formadas por ele na televisão, internet ou cinema, mas na verdade é uma realidade muito distante para todos aqui. Mas por que não existem vulcões ativos no Brasil? Aliás, o que é um Vulcão?

Antes de saber o que é um Vulcão, é preciso entender um pouco a estrutura do planeta terra. Nosso lar é composto por grandes placas chamadas de placas tectônicas e elas estão o tempo inteiro por cima de uma rocha líquida chamada magma. Essas placas se movimentam e com isso criam continentes, montanhas, vales e toda a formação geológica.

Para exemplificar essa situação, lembre-se que um dia, há milhões de anos, não havia a África, a América nem a Europa e nem o resto dos continentes. O que havia era um grande aglomerado, como um único continente chamado Pangéia, de acordo com a teoria da Deriva Continental. Com o passar dos milhões dos anos, as placas foram se separando e aos poucos foram formando as diversas regiões.

Atividade do Vulcão

Com o andar das placas, elas criam depressões e sobreposições, podem criar vales ou montanhas nos continentes ou por debaixo d’água, não importa. Um Vulcão então é um resultado da movimentação que provoca sobreposição de placas tectônicas, formando uma espécie de montanha. É como se as placas tivessem uma por cima da outra. Só que como já foi falado anteriormente, existe o magma por baixo das placas e quando elas se sobrepõem, ele sobe à superfície na forma de lava, além de vir com muita pressão e gás. A lava é aquela massa vermelha e fervente que sai pelo centro do Vulcão.

Quando o Vulcão entra em atividade, as conseqüências são geralmente muito desastrosas se ele for localizado em áreas ocupadas pelo homem. A lava tem a capacidade de destruir o que estiver a sua frente, mas a natureza é sábia e acaba dando também um contrabalanço: as lavas também ajudam na formação do relevo e formam ilhas quando solidificadas. O Havaí, por exemplo, é um composto de ilhas vulcânicas, ou seja, ele foi formado por conta do trabalho de vulcões durante milhões de anos.

E só para matar a curiosidade: por que o Brasil não possui vulcões ativos? Porque o território ocupado pelo nosso país é considerado muito antigo e, portanto, estável. Dessa forma, as atividades das placas tectônicas já ocorreram há muito tempo e aqui o terreno está solidificado. Também porque os vulcões existem, em sua maior parte, nas extremidades das placas tectônicas e o Brasil está bem longe delas. A extremidade mais próxima está entre o continente sul-americano e a África.

Termos de Busca:

Leia Também:

Deixe um Comentário »